sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

[Tradução] Se Lingagues de Programação Fossem Religiões

2

Achei esse texto muito interessante e resolvi traduzir e posta-lo aqui.
Podem confirir o Original clicando Aqui

"Se linguagens de programação fossem religiões"
(Inspirado por "Se linguagens de programação fossem carros")

C seria o Judaismo - é antiga e restritiva, mas o mundo está familiarizado com suas leis e respeita-os. Você não pode ser converter a ele - ou você começa do inicio, ou você irá achar que é tudo insano. Além disso, quando as coisas dão errado, muitas pessoas estão dispostas a culpar os problemas do mundo por isso.

Java seria o Cristianismo Fundametalista - É teoricamente baseado no C, mas ele foge de muitas das velhas leis que ele não sente de todo originais. Em vez disso, adiciona suas proprias regras rigidas, assim seus seguidores se sentirão superiores ao original. Não somente estão certos de que essa é a melhor linguagem do mundo, como estão prontos para queimar quem os desagradar.

PHP seria como o Cristianismo não praticante - Luta com Java pelo mercado da web. Tem vários conceitos de C e Java, mas apenas aqueles que realmente gosta. Não é coerente como as outras linguagens, mas pelo menos leh deixa muita mais livre e ostensivamente mantém a essencia da idéia. Além disso, todo o conceito do "goto hell" (vai para o inferno) foi abandonado.

C++ seria como o Islamismo - Pegou C e não só manteve todas as suas leis como adicionou um novo conjunto de leis no topo dessas. É tão versatil que pode ser usado na criação de qualquer coisa, de grandes atrocidades a lindos trabalhos de arte. Seus seguidores estão convictos que essa é a ultima linguagem universal, e ficam irritados com quem discordar deles. Além disso, se você insultar eles ou seu criador, você provavelmente será ameaçado de morte pelos seguidores mais radicais.

C# é como os Mormons - A primeira vista, é como o Java, mas ao olhar mais de perto, você verá que é controlada por somente uma corporação ( que muitos seguidores do Java dizem ser malvada), e alguns conceitos teologicos são levemente diferentes. Você suspeitaria que ela provavelmente é legal, se você não fosse discriminado por todos os seguidores de Java por seguir ele.

Lisp é como o Budismo - Ele não tem sintaxe, não tem centralização de dogmas, e não possuem santos. O universo inteiro está ai ao seu alcançe - só se você estiver esclarecido o suficiente para pega-lo. Alguns dizem que não é uma linguagem, outros dizem que é a unica linguagem que faz sentido.

Haskell é como o Taoismo - Ele é tão diferente das outras linguagens que muitas pessoas não entendem como alguem produz algo util com isso. Seus seguidores acreditam que esse é o caminho correto para a sabedoria, mas essa sabedoria está além do alcançe da maioria dos mortais.

Erlang
seria como o Hinduismo - Essa é outra estranha linguagem que quem olha não consegue ve-la ser util, mas diferente da maioria das linguagens modernas, foi construida no conceito de multiplos e simultaneos santos.

Perl é como o Voodoo - Uma incompreensivel seria de encatamentos de arcanos que envolve sangue de cabras e corrompe sua alma permanentemente. Frequentemente usada quando seu chefe quer uma tarefa urgente para as 21hrs de sexta.

Lua seria como Wicca - Uma linguagem panteísta que pode facilmente ser adaptada para diferentes culturas ou locais. Seu código é muito liberal, e permite o uso de técnicas que podem ser descritas como mágicas pelas mais tradicionais linguagens. Tem uma estranha ligação com a lua.

Ruby seria como o Novo paganismo - Uma mistura de diferentes linguagens e ideias que foi socado dentro de algo conhecido como linguagem. Seus adeptos estão crescendo rapidamente, com isso muitas pessoas olham para ele com suspeitas, são normalmente pessoas bem intencionadas sem intenção de prejudicar ninguém.

Python seria como o Humanismo - Simples, sem restrições, e tudo que você precisa para segui-lo é o senso comum. Muitos dos seguidores afirmam-se livres dos encargos impostos por outras linguagens, e que redescobriram o prazer de programar. Há quem diga que é somente uma forma de pseudo-código.

COBOL é como o Antigo Paganismo - Teve um tempo que comandou uma vasta região e foi muito importante, mas nos dias de hoje está praticamente morto, para o bem de todos nós. Emboram muitos ainda estejam marcados por seus rituais, há muitos que insistem em mante-lo vivo.

APL seria como Cientologia - Existem muitas pessoas que clamam para segui-lo, mas você sempre suspeitará que é uma grande e elaborada pirraça que irá fugir do seu controle.

LOLCODE seria como Pastafarianism(WTF!?!?) - Uma exoterica, nascida na internet e que ninguem leva a serio, ignorando todos os esforços para desenvolve-la e dissemina-la.

Visual Basic
seria como o Satanismo - Exceto que você realmente não precisa vender sua alma para ser um satanista.

Desculpem-me pelos erros, se alguma coisa ficou traduzida errada me corrigam.

[]'s

2 comentários:

Giorge disse...

hdauhdaudau, meio extenso mas legal !!!

Administrador 1 disse...

Cara eu fiz uma adaptação desse mesmo texto no meu blog.Adaptação e não tradução porque eu mudei umas coisas e pus outras novas.Veja lá :
http://administradoresmalvados.blogspot.com/

 
Design by ThemeShift | Bloggerized by Lasantha - Free Blogger Templates | Best Web Hosting